quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Desembargador derruba liminar que impedia jornais noticiarem chantagem à primeira-dama

O desembargador Arnoldo Camanho de Assis, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, derrubou a  liminar que proibia os jornais Folha de S. Paulo e O Globo de publicarem informações sobre chantagem praticada por um hacker contra a primeira-dama, Marcela Temer.
Na decisão, tomada nesta quarta-feira (15/12), o magistrado entendeu que a liminar é “violadora de liberdade que se constitui em verdadeiro pilar do Estado democrático de Direito”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário