terça-feira, 14 de março de 2017

Vida louca


"Vida louca. 
Em fase TPM à espera da divulgação da lista Janot o país pirou.
Emílio Odebrecht diz que sua empresa corrompe o poder público há três gerações e que o codinome italiano nas planilhas pode ser qualquer um inclusive o ´nosso´ Palocci. 
Ministro Gilmar, chefe do TSE, insiste todo dia na imprensa que caixa dois não é crime e que doação com recurso ilícito não atinge o político beneficiado, além de afirmar que o presidente Temer pode ficar tranquilo pois mesmo cassado será elegível garantindo o resultado antes mesmo dos julgamentos colegiados. 
Ministro Eliseu Padilha, por seu turno, diz que voltou ao Planalto pois seu time está ganhando o jogo, abstraindo, entretanto, que ele pode elencar o escrete da Papuda. 
O ex-deputado Cunha ainda nomeia ministros desde o xadrez de Curitiba e os tucanos, contrariando habitual comportamento exuberante, fogem dos holofotes pelos sobressaltos cotidianos. 
Nessa geleia geral tupiniquim resta pergunta que não pode calar: O que eles estão fumando?" 
José Diogo Bastos Neto


Publicado pelo site Migalhas questionamento "procedente" de um leitor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário