quinta-feira, 6 de abril de 2017

Água ou Dinheiro pelo Ralo?

O STJ julga hoje, na sua 1ª turma, caso de uma empreiteira portuguesa que fez um negócio da China no Ceará. Após receber integralmente o valor objeto do contrato com a Cagece, companhia que gere (a falta de) recursos hídricos naquele Estado, a empreiteira pretende embolsar mais 100 milhões de reais, triplicando o valor original da contratação. 

O TJ do Ceará, o mesmo que é alvo da Operação Expresso 150, que apura venda de liminares em HCs, confirmou sentença contrária ao interesse público proferida por juiz com histórico de afastamento pela Corregedoria. 

Será que o Tribunal da Cidadania vai permitir que, em tempos de crise hídrica e financeira, o dinheiro público continue escoando pelo ralo?

fonte:Migalhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário