domingo, 23 de abril de 2017

Empresas citadas na Lava Jato demitiram quase 600 mil funcionários

A recessão, a queda do preço do petróleo, a redução dos gastos do governo e a Operação Lava Jato, que investiga esquema de corrupção envolvendo a Petrobrás, empreiteiras e agentes do governo, tiveram efeito devastador no emprego. 

Levantamento do ‘Estado’ com dez das maiores empresas citadas na Lava Jato mostra que, somente entre funcionários diretos e terceirizados dessas companhias, o corte de vagas entre o fim de 2013 (antes da deflagração da Lava Jato, em março de 2014) e dezembro de 2016 foi de quase 600 mil pessoas. 

Analistas apontam que o efeito foi ainda maior, quando se consideram as vagas indiretas.

Fonte: DPnet Agência Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário