quarta-feira, 26 de abril de 2017

Governo perde e Câmara rejeita aumento de contribuição dos servidores

Derrota para o governo Temer.

A Câmara dos Deputados aprovou ontem, 25, destaque do Solidariedade e retirou do texto do relator, deputado Pedro Paulo (PMDB-RJ), que exigia dos estados participantes do regime de recuperação fiscal o aumento para 14% na alíquota de contribuição previdenciária dos servidores estaduais.

A elevação da alíquota dependeria ainda de projeto de lei a ser votado pela assembleia legislativa respectiva.

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) não reconheceu o resultado como derrota do governo. Para ele, "Não tem nada a ver. Perdi para o quórum. Haviam 430 deputados no plenário e  460 na Casa. São 30 votos", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário