quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Temer alcança votos para barrar denúncia

O presidente Michel Temer não será investigado pelo Supremo Tribunal Federal.

A Câmara dos Deputados votou pelo arquivamento da denúncia de corrupção encaminhada pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot.

Matematicamente, já não é possível autorizar denúncia contra Temer. Votos 'sim', ausentes e abstenções ultrapassaram 172 votantes.

No entanto, para que a denúncia seja definitivamente arquivada, o governo precisa manter a votação e alcançar número de 342 votantes, o que validará o resultado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário