segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Projeto da Roberto Freire fadado ao fracasso



Morto no nascedouro 
O projeto de mobilidade da avenida Roberto Freire em Natal está fadado ao fracasso.
Fracasso, fracasso, fracasso ...

Acontece, que o DER criou um projeto que, segundo os técnicos, iria melhorar o mobilidade de quem trafega na avenida com destino a Ponta Negra e a Rota do Sol. 
Prontinho foi orçado em R$ 212 milhões. Os recursos viriam do Ministério das Cidades, com contrapartida do Estado. 

Do governo Rosalba para o governo  Robinson, mudanças foram surgindo. Vai pra lá e vem para cá, o custo foi reduzido a metade. ou seja, estacionou nos R$ 106,00 milhões.
Agora, os empresários que atuam na Roberto Freire dizem que não querem a mudança. 

Green Line
Pelo que entendi, seria criada uma pista de velocidade com entradas para os bairros, ai o comercio que fica na beirada da estrada, como diz o matuto, fica só na poeira. 
Segundo eles, o comercio vai à deriva. 

O general Fraxe, diretor do DER, disse que se a população não quer, não adianta forçar.
A batata quente está na mão do governador Robinson.
Bom, que ia ficar bonito...


Subo nesse palco
Enquanto isso, o deputado Kelps Lima, ardoroso crítico do projeto, vai fazendo a festa na plenário da Assembleia. Segundo ele, todo dia terá discurso, contra.
Saravá!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário