sábado, 23 de setembro de 2017

PM e Forças Armadas no RIO. Ação deixa dois mortos na Tijuca

Resultado de imagem para fuzil apreendido na rocinha pelo exercito
Mesmo após a chegada de 950 militares das Forças Armadas à favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, neste sábado, 23, por volta das 13 horas, uma intensa troca de tiros assustou moradores da região.

Momentos antes, na madrugada, quatro homens do bando de Rogério 157 foram presos após renderam um motorista da Uber, obrigando-o a seguir para a Rocinha. 

Durante o percurso, próximo à favela, foram capturados por uma guarnição do Exército. Não há informações sobre troca de tiros e feridos.

Agora à tarde, há informações da imprensa que bandidos fugiram da Rocinha para Turano, Salgueiro e Formiga. Houve tiros nos 3 morros da Tijuca. A PM fez um cerco à Tijuca e conseguiu apreender dois fuzis. Dois criminosos foram mortos e quatro homens presos.

Pelo twitter, o Exército Brasileiro informou que não há prazo para sair da Rocinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário