sábado, 21 de outubro de 2017

Promotor pede internação provisória de adolescente após atentado em escola de Goiânia

Resultado de imagem para promotor escola atentado goias
O promotor do Ministério Público de Goiás, Cássio Sousa Lima, recomendou neste sábado (21) a internação provisória por 45 dias do adolescente de 14 anos que matou dois colegas e feriu outros quatro ao efetuar ao menos 11 disparos, na sexta-feira (20), na sala de aula em que estudavam. 

“O adolescente confirmou que foi motivado pelo bullying que sofria, mas demonstrou arrependimento”, informou Cássio Lima.

A expectativa do promotor é que a Justiça decida sobre a internação até segunda-feira (23). 

A punição máxima é de três anos de internação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário