Prefeitura do Natal

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Reunião define esquema de auditoria das urnas eletrônicas

A Comissão de Auditoria das Urnas Eletrônicas do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) apresentará nesta quinta-feira (13) o planejamento das atividades de auditoria das urnas eletrônicas. A reunião acontecerá no Plenário do Tribunal, localizado na Av. Rui Barbosa, 215, Tirol, às 16h. O evento, que será aberto a imprensa, contará com a participação de representantes dos partidos políticos e coligações, Ministério Público, OAB-RN.
Como vai funcionar a Auditoria

A Auditoria das Urnas Eletrônicas está disciplinada pela Resolução TSE nº 23.550/2017, alterada pela Resolução TSE nº 23.574/2018 e consiste em uma estratégia que tem por fim a verificação do funcionamento das urnas eletrônicas.

Na véspera da eleição, a partir das 9 horas, no Plenário do Tribunal, são sorteadas 6 (seis) seções eleitorais, sendo as 3 (três) primeiras urnas sorteadas submetidas à auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas sob condições normais de uso e as demais, à auditoria mediante verificação da autenticidade e integridade dos sistemas.

No dia da eleição, 3 (três) das urnas eletrônicas sorteadas serão submetidas a uma votação idêntica à oficial, conforme procedimentos estabelecidos nas referidas Resoluções do TSE. O propósito final da auditoria é verificar a correspondência entre os votos constantes nos boletins de urnas e no relatório do Sistema, a fim de comprovar que os votos foram contabilizados corretamente pela urna eletrônica.

Nas outras 3 (três) urnas a auditoria é realizada na própria Seção Eleitoral (local de votação), com o propósito de verificar a autenticidade e integridade dos sistemas utilizados na votação.

Todos os trabalhos são filmados, além de serem acompanhados por auditores, que fiscalizam as atividades desenvolvidas, e um representante do Ministério Público.

Fonte:Assessoria do TRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário