Home

GOVERNO DO RN
Um dos suspeitos do estupro coletivo e da morte de uma jovem estudante dentro de um ônibus em Nova Delhi, que chocou a Índia no fim do ano passado, foi encontrado morto na prisão.
Segundo a polícia local, Ram Singh se enforcou em uma cela da prisão de Tihar, na capital indiana. Entretanto, advogados de defesa questionaram essa versão.
Singh era um dos cinco homens presos acusados do crime. Ele dirigia o ônibus clandestino onde a jovem foi atacada. Um sexto acusado está sendo julgado por um tribunal juvenil. Todos negam as acusações. O ataque brutal contra a estudante de medicina, em dezembro, provocou comoção na Índia e gerou um debate internacional sobre o tratamento das mulheres.

Poste um comentário

comente aqui..