Home

GOVERNO DO RN

O deputado Henrique Eduardo entrou em uma sinuca de pico. Recebeu pedido de seis centrais sindicais para discutir o fim do fator previdenciário. Como se sabe, o projeto é um dos "preferidos", do ministro Garibaldi Filho. 

O presidente Henrique Alves espera que a instalação da comissão, já na próxima semana, resulte em uma proposta que possa ser negociada com o governo e votada pela Casa. 

Os sindicalista também pediram uma definição do presidente para que a proposta que reduz a jornada de trabalho, sem redução salarial, de 44 para 40 horas semanais, entre na pauta do Plenário. O presidente disse que todas as prioridades, sejam elas projetos polêmicos ou não, estão sendo analisadas. 

O secretário Geral da União Geral dos Trabalhadores (UGT), o potiguar Canindé Pegado, também participou do encontro dos sindicalistas com o presidente Henrique Alves.

Fotos; J Batista
Com informações da Assessoria

Poste um comentário

comente aqui..