Home

GOVERNO DO RN

Pressão dos manifestantes contra indicação do pastor Marco Feliciano inviabilizou a votação

OAB critica indicação

O presidente da Comissão Nacional dos Direitos Humanos da OAB, Wadih Damous, disse hoje que não entende o motivo da indicação de Feliciano para presidir a comissão.
- É difícil entender a nomeação de alguém que despreza e hostiliza os principais temas relativos a uma política de direitos humanos, que se queira efetivada com um mínimo de seriedade - disse Damous.
Para ele, a indicação do parlamentar do PSC foi “um duro golpe, sobretudo nos esforços, que hoje se desenvolvem, de apuração dos crimes cometidos pela ditadura militar”. O advogado lembrou também que “a cultura do loteamento não deveria prevalecer numa área tão sensível e tão incompreendida por boa parte da sociedade brasileira”.

Opinião

Cinismo cruel

12 JEAN WYLLYS, 

Que o deputado Marco Feliciano seja o novo presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara é uma contradição: é como colocar à frente das políticas contra a violência de gênero um cara que bate na mulher

Leia o artigo complethttp://www.brasil247.com/pt/247/brasil/95395/Cinismo-cruel.htm

Poste um comentário

comente aqui..