Home

GOVERNO DO RN
Alerta global!

Não é tsunami, nem outro desastre natural que anda dizimando a humanidade. "Mas, a cada dia morrem 4 mil pessoas em decorrência da Aids no mundo todo, a maioria nos países em desenvolvimento, segundo anunciou o diretor da Médicos Sem Fronteiras (MSF) na África do Sul e Lesoto, Gilles Van Cutsem. O comentário foi feito na apresentação de uma campanha para conscientizar sobre a gravidade do problema, apesar do otimismo que as conquistas na luta contra a doença provocaram últimos anos.

Para que autoridades e opinião pública não se esqueçam que ainda existem pessoas se contaminando e morrendo em consequência da Aids, a MSF lançou em seu site uma série de vídeos intitulada “O que nós vemos”, que mostram casos de falta de tratamento ou controle, transmissão de mães para filhos e preconceito.

A organização lembra que em lugares com altos índices de portadores do HIV, como a África do Sul, Suazilândia e Malawi, “o acesso aos antiretrovirais aumentou na última década”, apesar de um em cada quatro pacientes começar o tratamento tarde demais.

A situação é pior em países como República Democrática do Congo, Guiné, República Centro-Africana e Nigéria, onde a maioria da população que precisa não tem acesso ao tratamento a tempo.

Na África Ocidental e Central, só 34% dos infectados recebem tratamento, a taxa de cobertura mais baixa do continente".

fonte:Correio do Brasil


Poste um comentário

comente aqui..