Home

GOVERNO DO RN
Histórias, bem contadas, de Zé Dias



Amigos e Amigas,

Certa Vez, BIBA THOMPSON amiga querida de Khrystal, abriu um Bar próximo
ao Beco da Lama e como atração, a Casa tinha uma Feijoada aos Sabados. Khrystal que não interfere na minha Produção, chega em casa e afirma: Zé, se tiver vaga na agenda, quero cantar em BIBA. Não quero Cachê e vê se da um jeito de arrumar um troco para os músicos. Khrystal falando só resta uma chance que é obedecer. Patrocinio de R$ 300,00, R$ 150,00 para cada músico e vamos num sabado a tarde para o trabalho lazer.

Casa pequena, mais logo cheia e eis que entra o Conselheiro do Tribunal de Contas, Tarcísio Costa, homem muito ocupado, com várias opções de Lazer, mas um defensor inveterado da coisas ALTERNATIVAS DA CIDADE. 

Entra, pede uma cachacinha e fica a escutar Khrystal. Achei o máximo e o Poeta Plínio Sanderson, agora, anos depois manda a foto, para mim histórica. 
Quando o disco de khrystal chegou em Natal, ainda sem ser lançado, na Ribeira onde ela cantou no Agosto da Alegria, com Martinho da Vila, Tarcísio Costa chegou atrás do palco e perguntou pela bolacha. Disse-lhe que tava na caixa, no carro. Ele de bate-pronto intimou: traga cinco que quero comprar. 
Hoje que Khrystal vive um momento glorios,  queria registrar esses dois fatos: coisa de quem sabia da Carreira de Khrystal e do Talento dela de há muito.
grato.

Poste um comentário

comente aqui..