Home

GOVERNO DO RN
Nos últimos anos, só se ouvia falar que o vizinho estado de Pernambuco vivia uma efervescência de empregos proporcionada pelas quantidades de obras de construção civil que se instalavam naquela região.
Refinaria, Porto de Suape, etc...movimentava a economia e a geração de frentes de trabalho.
Pois bem, toda essa pujança está dando lugar agora a perspectiva de desemprego para 42 mil funcionários.
O motivo dessa derrocada é o  encerramento das obras de construção civil no Complexo de Suape.
Um problemão para o Ministério Público do Trabalho (MPT) que realiza nesta quarta-feira (6) uma audiência pública para tratar da desmobilização de trabalhadores em Suape, especificamente àqueles ligados à Refinaria Abreu e Lima. 
O assunto promete levar à sede do MPT, na Rua Quarenta e Oito, no Espinheiro, Zona Norte do Recife, uma multidão de interessados.

Poste um comentário

comente aqui..