Home

GOVERNO DO RN
The Guardian
O dançarino Pavel Dmitrichenko e dois co-réus foram considerados culpados de um ataque com ácido que quase cegou o diretor artístico do Ballet Bolshoi em janeiro passado.
Depois de um julgamento que durou um mês, o juiz russo disse que Dmitrichenko e dois co-réus haviam causado intencionalmente lesão corporal grave à vítima, Sergei Filin.
Os procuradores da República pediram uma pena de prisão de nove anos para Dmitrichenko de 29. 
A Juiza Yelena Maximova deve emitir uma sentença nos próximos dias.

Poste um comentário

comente aqui..