Home

GOVERNO DO RN
O governo consegui fisgar o bolso do brasileiro que vai gastar no exterior. Já está valendo as regras que elevou para 6,38 por cento, antes era cobrado 0,38 por cento, a alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) incidente nos pagamentos em moeda estrangeira feitas com cartão de débito, saques em moeda estrangeira no exterior, compras de cheques de viagem e carregamento de cartões pré-pagos com moeda estrangeira.
O governo justifica a medida alegando isonomia de tratamento às operações com moeda estrangeira realizadas por meio de cartões de crédito internacionais, que também são tributadas pelo IOF em 6,28 por cento.

Na avaliação do governo, com o aumento, evita-se que um meio de pagamento seja preterido por outros em decorrência de sua estrutura de tributação.

O governo espera arrecadar 522 milhões de reais no ano com a mudança.

Ainda segundo o Ministério da Fazenda, as compras de moeda estrangeira em espécie feitas no mercado de câmbio brasileiro não têm
alteração em sua tributação e seguem com alíquota de 0,38 por cento.
 
A informação é da Rauters Brasil

Poste um comentário

comente aqui..