Home

GOVERNO DO RN

 
Juiz nega pedido para preservação de hotel dos Reis Magos.  
Fez certo!
Será que vale a pena preservar memorias inúteis? 
O MP quer manter a estrutura original alegando o Reis Magos possui inestimável valor histórico e cultural para a cidade e que a empresa proprietária pretende erguer um complexo com 220 lojas e estacionamento para 300 automóveis no local.  
O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Natal, Airton Pinheiro, contra argumenta. 
“Reconhecer que o prédio tem um traço da arquitetura modernista, está longe, muito longe de torná-lo um singularidade da arquitetura moderna apto a mobilizar a intervenção estatal em defesa do mesmo”, disse o juiz.

Poste um comentário

comente aqui..