Home

GOVERNO DO RN
Da Folha
O garçom que teria sido humilhado por um desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte foi afastado do trabalho e passou por consultas com psicólogos após a confusão.
Segundo a administração da padaria Mercatto, que fica na zona sul de Natal, o funcionário trabalha na empresa desde a sua fundação e ficou "muito abalado" pelo episódio registrado na manhã do último dia 29.
O desembargador Dilermando Motta está sendo acusado de ter humilhado o garçom, antes de se envolver em discussão com outro cliente da padaria, o empresário Alexandre Azevedo.
O bate-boca foi filmado por clientes da padaria e as imagens foram parar na internet. Um dos vídeos já superava 210 mil visualizações nesta sexta-feira (3). 
Veja ainda: "Gordinho da Mercatto" fala ao Patrulha da Cidade

Poste um comentário

comente aqui..