Home

GOVERNO DO RN
A Petrobras anunciou nesta quinta-feira, 29, cortes e diminuição de investimentos que incluem a suspensão da construção de refinarias no Ceará e Maranhão.
As medidas são decorrentes da atual situação financeira da companhia e das perdas relacionadas ao esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato.
Segundo o jornal O Povo, a expectativa da construção da refinaria em solo cearense já durava 60 anos. "O sonho da implantação de uma refinaria no Ceará foi frustrado pela Petrobras. A estatal anunciou que decidiu encerrar os projetos de investimento para a implantação das refinarias Premium I, no Maranhão, e Premium II, no Ceará. O projeto encerrado já custou R$ 657 milhões aos cofres do Estado do Ceará", diz matéria do jornal.
Ainda segundo O Povo, o governo do Ceará pretende cobrar explicações da Petrobras e lutar pelo empreendimento. "A quebra do acordo foi unilateral e pegou o Governo do Estado de surpresa". 
O governador Camilo Santana emitiu nota oficial dizendo que continuará "lutando e empreendendo todos os esforços para viabilizar este importante projeto”.

Poste um comentário

comente aqui..