Home

GOVERNO DO RN
Um caso raríssimo na medicina aconteceu em Hong-Kong.
Um bebê nasceu com o que parecia ser uma massa em seu lado esquerdo, mas os médicos logo descobriram que poderia ser seu irmão "absorvido".
A bebê-menina tinha uma condição rara chamada feto-in-fetus, o que acontece quando um feto parcialmente desenvolvido 
 (seu irmão gêmeo) é incorporado a um outro feto com desenvolvimento normal.  
Essa condição afeta cerca de 1 em 500 mil nascimentos, de acordo com o estudo de caso publicado no Hong Kong Medical Journal deste mês.
A massa foi encontrada entre o fígado da menina e seu rim esquerdo e incluiu duas estruturas, uma pesando meio quilo e outra com um terço desse peso.

Poste um comentário

comente aqui..