Home

GOVERNO DO RN
O Egito bombardeou alvos do Estado islâmico na Líbia, horas depois do grupo publicar um vídeo mostrando as decapitações de 21 cristãos egípcios.
A TV estatal disse que os ataques tinham como alvo campos de trinamento e áreas de armazenamento de armas. 
As autoridades líbias disseram que o Egito atingiu alvos na cidade de Derna.
Pela página da Força Aérea da Líbia no Facebook, o comandante Saqr Geroushi disse que o seu país não permitirá uma invasão terrestre. "Nós não vamos permitir a invasão terrestre da Líbia. Temos homens. Tudo o que precisamos como armas, aviões e peças de reposição para lutar contra os dissidentes."
A página também mencionou que as forças aéreas líbias ajudaram no ataque aos alvos na madrugada desta segunda-feira.

Poste um comentário

comente aqui..