Home

GOVERNO DO RN
Estado Islâmico divulgou um vídeo no domingo mostrando a decapitação de um grupo de cristãos egípcios sequestrados na Líbia, a violência aprofunda as preocupações do Cairo sobre ameaças à segurança dos militantes que trabalham no país vizinho.
A agência de notícias Egypt Independent citou o porta-voz da Igreja como fonte confirmando que os 21 cristãos estavam mortos.
No vídeo, militantes em preto marcham com os prisioneiros vestidos com macacões laranja, em uma praia. O grupo disse que estava perto de Trípoli. Eles foram forçados a ficarem de joelhos, depois decapitados.
O Papa Francisco expressou profunda tristeza pela decapitação dos 21 cristãos e pediu a união de todos, independentemente da escola filosófica que sigam.

Poste um comentário

comente aqui..