Home

GOVERNO DO RN
A Jordânia confirmou a morte do piloto Moaz al-Kasasbeh sequestrado pelo Estado Islâmico (ISIS) depois que um vídeo publicado na internet mostra o militar sendo queimado vivo.
No vídeo aparece um homem em pé em uma gaiola em chamas. 
O Rei da Jordânia, Abdullah saudou Kasasbeh como um herói, dizendo que seu país deve "permanecer unido" em face as dificuldades.
O piloto foi capturado quando seu avião caiu perto Raqqa, Síria, durante uma missão contra o ISIS em dezembro.
O vídeo postado na terça-feira foi distribuído através de uma conta no Twitter e inclui uma seqüência que mostra o piloto jordaniano andando com uma arma entre escombros, aparentemente causados por ataques aéreos da coalizão que tiveram como alvo os jihadistas.
Autoridades acham que o terrível vídeo é direcionado principalmente para as populações árabes na Jordânia e nos Estados do Golfo.

Poste um comentário

comente aqui..