Home

GOVERNO DO RN

O Governador Robinson Faria pediu um "help" as universidades do Estado. A ideia é a construção de um documento com um Diagnóstico e Planejamento para os Recursos Hídricos do Rio Grande do Norte.  
"A falência hídrica no Brasil é um fato. Diante dessa situação, estamos tentando nos antecipar e é de extrema importância que haja a participação das Universidades nesse processo de construção de um Diagnóstico e um Planejamento Estadual dos Recursos Hídricos", disse o Governador.

A reunião iniciou contou com a presença da senadora Fátima Bezerra e representantes das Universidades do Estado, incluindo a reitora da UFRN, Ângela Paiva; o reitor da UERN, Pedro Fernandes; José de Arimatea de Mattos, da UFERSA e Wyllys Abel Farkatt, pró-reitor de Planejamento do IFRN. 

Todos se mostraram dispostos a contribuir com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) na construção desse documento. 

O Grupo também disputiu o futuro da Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapern), gerida pelo Estado e que tem como função primordial ser o elo entre as instituições de ensino superior, o Estado, e a indústria, empresas e sociedade. 

Nova secretaria
O governador Robinson Faria disse que tem vontade de criar a Secretaria de Ciências e Tecnologias que vai ampliar o incentivo à pesquisa científica no Estado. 
"Precisamos fazer um esforço de negociação com as instituições que já firmaram convênio com a Fapern e renegociar como for possível, de maneira que a Fapern continue a fomentar a Ciência e a pesquisa no nosso Estado", disse Robinson Faria, que adiantou também que dentro dos próximos dias a Fapern deverá ter uma conversa com a Secretaria de Estado, do Planejamento e das Finanças (Seplan).

Poste um comentário

comente aqui..