Home

GOVERNO DO RN
O Tribunal de Contas do RN decidiu mesmo inspecionar o contrato de aluguel do prédio onde funciona o Complexo Judiciário da Zona Sul da Comarca de Natal, celebrado entre o Tribunal de Justiça do RN e a empresa Nacional Motos e Serviços LTDA, ao valor de R$250 mil mensais.
A decisão foi tomada na quinta-feira, 05, pelo plenário da corte de contas.
O pedido de suspensão do pagamento do aluguel feito pelo Ministério Público de Contas foi negado. Os conselheiros entenderam que não há no momento indícios suficientes para justificar a suspensão.
Veja também: MPC apura supostas irregularidades em aluguel de prédio pelo TJRN

Poste um comentário

comente aqui..