quarta-feira, 28 de novembro de 2018

TRF-4 autoriza prisão domiciliar a Palocci

Resultado de imagem para palocci delação
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) decidiu reduzir a pena do ex-ministro Antonio Palocci na Lava Jato para 9 anos e 10 meses, com cumprimento em regime domiciliar com monitoramento eletrônico.
Os desembargadores concederam benefícios com base na delação premiada do ministro, que responde por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Palocci está preso preventivamente em Curitiba desde setembro de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário