segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Ministro reconhece "erro da Justiça" e manda TRE analisar registro de Kerinho

A situação do deputado Fernando Mineiro complicou. 
O ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral,  reconheceu o Agravo apresentado pelo candidato Kericlis Ribeiro, por entender que houve  erro da própria justiça eleitoral.
O candidato apresentou a documentação a tempo, mas uma falha do sistema não registrou os documentos. O ministro determinou a devolução os documentos na integra para o TRE.
Embora, a Justiça Eleitoral Potiguar ainda não tenha se pronunciado, reconhecendo esse erro, ficam válidos os votos do candidato e a coligação elege Betinho Rosado, deixando Fernando Mineiro de fora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário