quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Toffoli derruba liminar de Marco Aurélio e condenados em segunda instância não serão soltos

Valter Campanato / Agência Brasil
O ministro Dias Toffoli, presidente do STF e atual plantonista, decidiu suspender a liminar deferida pelo seu colega Marco Aurélio, a pedido do Ministério Público Federal, que liberou presos condenados em segunda instância.
"Defiro a suspensão da liminar para suspender os efeitos da decisão proferida nesta data, nos autos da SDC n° 54, até que o colegiado maior aprecie a matéria de forma definitiva, já pautada para o dia 10 de abril do próximo ano judiciário", diz decisão do presidente
Dessa forma, a liberdade do ex-presidente Lula que já havia sido solicitada por seus advogados, fica prejudicada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário