sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Construtora multada pelo TJ por não pagar vale-transporte

Resultado de imagem para Empresa de Limpeza Terceirizada
Multa e advertência...
A Construtora Solares, que presta serviço de pessoal terceirizado ao Tribunal de Justiça do RN, foi multada em 20% do valor do contrato mensal por não ter efetuado o pagamento de vale-transporte dos colaboradores. A decisão foi do desembargador João Rebouças.

...por ausência de fardamentos... 
Outra empresa, Alerta Serviços, que também terceiriza funcionários ao TJ, foi advertida por não fazer a reposição dos uniformes dos Assistentes Administrativos, Telefonistas e Almoxarifes a cada seis meses.

...dos empregados terceirizados 
Em algumas esferas de poder é comum funcionários terceirizados reclamarem seus direitos trabalhistas por meses seguidos, sem solução.
Coluna Rosalie Arruda
Tribuna do Norte, 21 de fevereiro 

Nenhum comentário:

Postar um comentário