terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Pacotão de férias dos deputados estaduais deverá custar R$4,1 milhões

Resultado de imagem para mesa diretora alern
Assembleia retroage pagamentos...
A Assembleia Legislativa potiguar publicou, na semana passada, projeto de lei que dá direito ao recebimento de férias e 13° salário pelos deputados estaduais.
A medida tem respaldo na Constituição Federal, segundo justificativa apresentada na proposta. 

...de férias e 13° salário
Acontece que os direitos e vantagens terão como marco temporal inicial a instalação da 61ª Legislatura, ou seja, gerando um atrasado de quatro anos.

Legal e moral 
Tão logo o PL seja aprovado, o que certamente deve acontecer, estima-se que cada um dos 24 deputados da legislatura passada tenha direito a receber o equivalente a R$172 mil em férias e 13° não gozados. Ou seja, o “pacotão de férias dos parlamentares” deverá custar ao cidadão a bagatela de R$ 4,1 milhões.
Nesses tempos bicudos, uma indenização desse porte é uma “afronta” ao funcionalismo estadual que está com seus salários atrasados.

3 comentários:

  1. Isto e uma bofetada na cara dos servidores públicos estaduais como Eu.

    ResponderExcluir
  2. Votar nesses dePUTAdos que legisla em causas próprias,isso é uma bofetada nos servidores aposentados/ pensionistas que desde 2017 está com o décimo sem receber com 3 meses atrasados e quem ganha pouco como eu com dezembro e décimo de 2018.

    ResponderExcluir