terça-feira, 2 de abril de 2019

Chico Xavier, um homem além do tempo

Ainda sobre Chico Xavier...
Monteiro Lobato era um escritor de cartas de mão cheia. Com quem ele mais se correspondeu foi Godofredo Rangel, saudoso desembargador mineiro, seu contemporâneo da Faculdade de Direito de SP. Aliás, as cartas de Lobato a Rangel compõem uma obra valiosíssima: "A Barca de Gleyre". Inexplicavelmente, ainda não vieram ao mundo – documento de altíssimo valor literário – as cartas de Rangel a Lobato, que é autor de célebre obra: "Vida Ociosa". Mas voltando às cartas de Lobato, a certa altura do epistolário, em missiva datada de 28 de setembro de 1943, o pai de Emília conta que teria uma lombriga literária que o obrigava a escrever. E dizia: "Tenho medo de que, mesmo depois de morto, me ponha, como Humberto de Campos, a escrever com a mão do Chico Xavier."

Pique-pique
Hoje, se encarnado estivesse, Chico Xavier, um dos mais importantes expoentes do espiritismo, completaria 109 anos. Com mais de 400 livros psicografados, vendeu mais de 50 milhões de exemplares, mas sempre doou os direitos autorais.
texto: site Migalhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário