sábado, 22 de junho de 2019

Empresas que contratarem mulheres agredidas podem ter incentivos

Incentivos fiscais 
Um projeto de Lei apresentado na Câmara dos Deputados, na última semana, pretende conceder incentivos fiscais no imposto de renda a empresas que contratarem mulheres que sofreram agressão. 

De acordo com a proposta do deputado federal Coronel Tadeu, a empresa tributada com base no lucro real poderá deduzir 20% do montante das despesas com salários e tributos incidentes sobre a renda de funcionárias que sofreram violência. 

Mulheres assassinadas 
O número de mulheres vítimas de agressão no Brasil é assustador. O Atlas da Violência lançado no início de junho pelo Ministério da Saúde, em parceria com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), mostra que 4.936 mulheres foram assassinadas em 2017.
Tribuna do Norte, 22 de junho

Nenhum comentário:

Postar um comentário