sexta-feira, 7 de junho de 2019

Surreal: Sindicatos patronais cobram na justiça o imposto sindical de empresários

Resultado de imagem para patroes em reunião
Faca de dois gumes 
Quando aprovou a desobrigatoriedade do desconto assistencial e da contribuição sindical para os trabalhadores, o deputado Rogério Marinho, autor da reforma trabalhista, atirou no que viu a acertou no que não viu. 
Os sindicatos patronais, que também se alimentavam desse esquema, ficaram à míngua. 
A situação é tão surreal que muitos deles têm recorrido à Justiça do Trabalho, que tanto criticam, para cobrar a contribuição dos empresários devedores.
Tribuna do Norte, 07 de junho

Nenhum comentário:

Postar um comentário