quinta-feira, 1 de agosto de 2019

O cerco de Deltan contra Toffoli


Nova leva de mensagens obtidas pelo The Intercept Brasil revelam que, em 2016, Deltan Dallagnol incentivou colegas em Brasília e Curitiba a investigar o ministro do Supremo Dias Toffoli, hoje presidente da corte. Dallagnol buscou informações sobre informações pessoais do ministro e de sua mulher na Receita Federal e articulou contatos para tentar descobrir se havia algo que ligasse Toffoli a empresas acusadas de corrupção.
Fonte: Folha de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário