quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Eleição para Conselhos Tutelares de Natal poderá ser refeita

Conselhos Tutelares
A escolha dos membros dos Conselhos Tutelares de Natal poderá sofrer revés. A Promotora de Justiça Mariana Rebello recomendou ao Presidente da Comissão Especial do Processo de Escolha, Antônio Câmara, a anulação de duas questões dissertativas que tem caráter eliminatório. 
A promotora recomenda ainda a divulgação do novo resultado dessa etapa, bem como, a lista dos candidatos aptos a participarem da campanha eleitoral.
Já viu a confusão, caro leitor, refazer o processo, quando no domingo a população foi às urnas para a escolha de 20 candidatos com posse prevista para o dia 10 de janeiro de 2020???
Coluna Rosalie Arruda
Tribuna do Norte, 09 de outubro

Nenhum comentário:

Postar um comentário