segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Ministro autorizou emprego das Forças Armadas na Operação "Amazônia Azul", para ações na costa nordestina

Tardou... a aparecer
O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, autorizou o emprego das Forças Armadas na Operação "Amazônia Azul", para ações na costa nordestina devido ao “contínuo aparecimento de manchas de óleo”. 
A portaria, publicada no DOU do dia 01, dois meses após o aparecimento das primeiras manchas, surge quando a Justiça Federal no RN autoriza busca e apreensão em escritório de empresa grega, provável responsável pelo crime ambiental.

Irresponsabilidade 
A empresa Delta Tankers, de bandeira grega e dona do navio Bouboulina, está sob suspeita de ter vasado óleo na costa do Nordeste, segundo a Polícia Federal. 
Os procuradores da República Cibele Benevides e Victor Mariz entendem que “há fortes indícios de que a Delta Tankers, o comandante e tripulação do navio deixaram de comunicar às autoridades competentes acerca do vazamento/lançamento de petróleo cru no Oceano Atlântico.

Tribuna do Norte, 03 de novembro 

Nenhum comentário:

Postar um comentário