domingo, 12 de janeiro de 2020

Ministério pede devolução de R$8,5 milhões de hospital onde menino de 15 anos morreu

Resultado de imagem para Maternidade Presidente Café Filho"
Ministério da Saúde cobra ....
... da Prefeitura de Extremoz a devolução de R$8,5 milhões, acrescido da correção monetária, que foram repassados para o Pronto-atendimento 24 horas e Maternidade Presidente Café Filho. 
 A cobrança se deve a serviços “não executados, seja parcial ou totalmente”, do período de junho de 2012 a maio de 2017. Poderá haver suspensão dos repasses futuros caso a recomendação não seja atendida.
... no passado recente...
No fim do ano passado, um jovem de 15 anos morreu após procurar atendimento por cinco dias seguidos na Maternidade Presidente Café Filho. A família alegou negligência.
... e no presente
Na última sexta-feira, a Sociedade de Neurologia do Rio Grande do Norte soltou nota de repúdio contra a os constantes cortes na área de saúde e a falta de medicações, via SUS, na Unicat.
Tribuna do Norte, 12 de janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário