quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Bloquinhos de carnaval viram grandes negócios



Pegou mal
Os blocos de carnaval em Natal viraram um grande negócio. Os “empresários” se inscrevem na Lei de Incentivo à Cultura, fazem à captação do dinheiro público e realizam uma festa privada. Até aí tudo bem. Se não fosse por um detalhe: muitos fecham as vias públicas e impedem a entrada das pessoas que não compraram a camiseta.
Assim, não dá.

Olhos fechados
É interessante observar que a folia “privé” acontece com a participação de vários promotores-foliões. O mínimo que poderia se esperar era uma ação do MP para garantir o direito de ir e vir dos natalenses. Fechar ruas para fazer festa privada já é um fato grave. Imagine quando essa festa recebe recursos do contribuinte. #ficadica

Coluna Rosalie Arruda
Tribuna do Norte, 20 de fevereiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário