quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Investida presidencial

Jair Bolsonaro está levando a tensão entre governo a Congresso a outro patamar. O presidente dispara de seu celular, via WhatsApp, um vídeo de tom messiânico no qual chama para uma manifestação contra o Legislativo em 15 de março. A mensagem que precede o filme diz: “O Brasil é nosso, não dos políticos de sempre”. / estadao

Reações
Nas redes sociais, FHC, Lula, Ciro Gomes e João Doria, governador de São Paulo, condenaram a atitude do presidente. Felipe Santa Cruz, presidente da OAB, disse ver elementos para impeachment. Mais cedo, também no domingo, os generais Carlos Alberto Santos Cruz e Roberto Peternelli reprovaram a associação entre militares e a manifestação contra o Congresso. (Folha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário