sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

O cara virou um parasita, diz Guedes sobre servidores

foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Paulo Guedes
Em defesa do projeto de emergência fiscal, o ministro da Economia, Paulo Guedes, comparou servidores públicos a parasitas, que estão matando o hospedeiro o governo ao receberem reajustes automáticos enquanto estados estão quebrados.

"O funcionalismo teve aumento de 50% acima da inflação, além de ter estabilidade na carreira e aposentadoria generosa", afirmou. "O hospedeiro está morrendo, o cara virou um parasita", afirmou, defendendo o fim dos reajustes automáticos.

O projeto está em análise no Congresso e abre a possibilidade de estados em crise adotarem medidas emergenciais, como a suspensão dos reajustes. Seriam elegíveis estados que ultrapassarem indicadores máximos de endividamento ou gastos obrigatórios.
Fonte: Folhapress

Nenhum comentário:

Postar um comentário