segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Omissão


A propósito, o sistema do Projeto Garimpo, programa criado no RN para identificar depósitos recursais que não foram sacados, conseguiu identificar cerca de R$ 2 bilhões em contas judiciais de empresas e de trabalhadores não sacados em todo o Brasil. O TST informou que quase 10% desse valor já foi liberado após a identificação de seus donos: aproximadamente R$ 183 milhões, que estavam em contas do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário