segunda-feira, 30 de março de 2020

Morre de Covid-19 médico que orientou cirurgia de separação de crianças siamesas cearenses

James T. Goodrich ganhou notabilidade no Brasil em 2018, quando orientou a cirurgia de separação das irmãs cearenses Ysablle e Ysadora, siamesas que nasceram unidas pela cabeça
Faleceu nesta segunda-feira, 30, vítima de complicações pulmonares pelo novo coronavírus, o neurocirurgião norte-americano James T. Goodrich. 
Ele teria permanecido em coma por cinco dias em um hospital de Nova Iorque, com a respiração mantida por aparelhos, e não resistiu ao quadro.
Dr. Goodrich era neurocirurgião no Bronx, Nova York, mas afiliado a vários outros hospitais da região, incluindo o St. Barnabas Hospital e o NYC Health and Hospitals-Jacobi.
O médico ganhou notabilidade no Brasil em 2018, quando orientou a cirurgia de separação das irmãs cearenses Ysablle e Ysadora, siamesas que nasceram unidas pela cabeça.
Cientistas buscam encurtar tempo de fabricação da vacina contra coronavírus
O chefe da Divisão de Neurocirurgia Pediátrica do HC (Hospital das Clínicas) de Ribeirão Preto, Hélio Rubens Machado, lamentou a morte do colega. "Uma perda imensa e irreparável para todos que o conheceram e que tiveram o privilégio de trabalhar e conviver com ele", declarou o profissional, por meio nota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário