sexta-feira, 24 de abril de 2020

Prefeitura incrementa ações de segurança alimentar durante pandemia

foto:Manoel Barbosa
Os impactos da pandemia da Covid-19 têm sido sentidos em todas as camadas da sociedade e a Prefeitura de Natal tem trabalhado para minimizar esses efeitos, sobretudo entre os cidadãos que estão em situação de vulnerabilidade social. Uma das principais ações nesse sentido é executada pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social.

O objetivo é promover o reforço nutricional e dar segurança alimentar à população menos favorecida, bem como oferecer apoio às categorias de profissionais que ficaram sem ter como trabalhar em virtude da paralisação de suas atividades. Desde o início dessa iniciativa, a Semtas já entregou 2.927 cestas básicas, beneficiando mais de 5.000 famílias.

As distribuições estão ocorrendo em todas as regiões de Natal e tem seguido critérios rigorosos controlados pelo Departamento de Informação, Monitoramento e Avaliação das Políticas Sociais (Dimaps) da Semtas. Já foram beneficiados com a medida os carroceiros das zonas norte e oeste; Centro Educacional Dom Bosco, no Gramoré; Ambulantes do Alecrim, Praia do Meio e Ponta Negra; Famílias do Movimento de Luta por Moradia Popular (MLMP); Artesãos; Comunidade de povos tradicionais e religiões de matrizes africanas do Município; Comunidade LGBTI+; Catadores de Lixo; Associação de Circos; Trabalhadores de Parques de Diversões; Artistas; Casa de Apoio a Pessoas Vivendo e Convivendo com HIV/Aids. Os pescadores de sete colônias existentes na cidade foram a última categoria beneficiada com a entrega de cestas básicas.

Além desses grupos populacionais, a Semtas também distribuiu os gêneros alimentícios para moradores de bairros como Guarapes, Mãe Luíza, Potengi, Planalto, e para as comunidades Alto do Guarapes, Aurora Maria, Beira-Rio, Djalma Maranhão; Heleny Fereira e Tiradentes.

“Se considerarmos que cada unidade familiar tem quatro indivíduos, temos um universo de 20 mil pessoas assistidas. Fomos procurados por esses segmentos e verificamos que todos estavam necessitando desse suporte. É importante destacar que durante as distribuições seguimos todas as recomendações das autoridades sanitárias, evitando aglomerações e com as equipes todas protegidas com os equipamentos de segurança individual. A gestão municipal tem trabalhado incansavelmente para acolher, auxiliar e se aproximar da população nesse momento de pandemia”, destaca a secretária municipal de Trabalho e Assistência Municipal, Andréa Dias.

Outra frente de atuação da Semtas é o programa Sopa Solidária. O programa atende a pessoas que são encaminhadas pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) quando em situação de vulnerabilidade nutricional. Atualmente, o Sopa Solidária atende a cerca de 8 mil pessoas em 14 comunidades de todas as regiões da cidade. O preparo e a distribuição do alimento são realizados por voluntários, sendo que a equipe de coordenação e supervisão é composta por nutricionistas, técnicas em nutrição e assistentes sociais da gestão municipal”, explica a titular da Semtas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário