quarta-feira, 13 de maio de 2020

Avança o apoio nutricional aos alunos da rede pública de ensino de Natal

foto:Joana Lima 

Para não prejudicar o apoio nutricional dos alunos da rede municipal de ensino durante o período de paralisação das aulas, a Prefeitura de Natal segue avançando com seu plano de distribuição de cestas básicas. Serão beneficiados todos os 58 mil estudantes das escolas e centros municipais de educação infantil do município. Até o momento, 73,17% do público-alvo já foi atingido, representando um universo de mais de 42.443 mil cestas básicas entregues.

Nesta quarta-feira (13), 10 unidades de ensino dos bairros de Neópolis, Candelária e Lagoa Nova receberam os gêneros alimentícios. Já as últimas entregas na zona norte da capital potiguar foram feitas na Escola Municipal Santa Catariana (166 cestas básicas), 351 cestas para os familiares das crianças do Centro Municipal de Educação Infantil Mailde Ferreira Pinto Galvão e 176 cestas para a comunidade do CMEI Professora Maria Cleonice Alves Pontes. Com isso, 118 unidades de ensino do total de 146 existentes da rede municipal de ensino de Natal já receberam as cestas. Esse total significa que 80,82% das unidades de ensino já distribuíram as cestas para seus alunos.

A cesta básica é composta por 5kg de arroz, 3kg de feijão carioquinha, 2kg de açúcar, 1kg de macarrão, óleo de soja, 1 pacote de leite em pó integral, 1kg de farinha, 1kg de flocos de milho, 1 pacote de biscoito salgado, 1kg de sal, 1 pacote de café, e uma rapadura em tablete, totalizando 15kg.

A distribuição beneficia todos os estudantes da Educação Infantil e Ensino Fundamental, além dos estudantes da modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Cada estudante tem direito a uma cesta básica. Importante destacar que os alunos com algum tipo de restrição alimentar, como por exemplo, diabéticos, celíacos ou intolerância à proteína do leite receberão os gêneros alimentícios de maneira diferenciada e de acordo com sua restrição alimentar. São 212 alunos nestas condições e eles irão receber em suas casas.

A Secretaria Municipal de Educação (SME) está adotando medidas de segurança na distribuição das cestas. Apenas um responsável deve comparecer às unidades de ensino e não levar crianças. Os responsáveis também precisam manter a distância mínima de 1 metro e meio na fila de espera dentro e fora da instituição e só poderão receber as cestas básicas mediante apresentação de documento oficial com foto.

A distribuição das cestas básicas é a forma que a Prefeitura seguiu para compensar a falta da merenda escolar em virtude da paralisação das aulas e da pandemia de Covid-19. “Não poderíamos deixar os nossos alunos desamparados Muitos só faziam suas refeições na escola e, com o fechamento das unidades, ficaram sem ter o que comer”, reforça a secretária municipal de Educação, Cristina Diniz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário