domingo, 31 de maio de 2020

MPRN acompanha legalidade de aulas por videoconferência para crianças

Escolar
A legalidade de aulas por videoconferência para crianças que têm 6 e 7 anos, e que estão na fase de alfabetização, está sendo questionada pelo Ministério Público do RN. 
A Comarca de Natal vai acompanhar as possíveis dificuldades pedagógicas observadas em aulas não presenciais, nos dois primeiros anos do Ensino Fundamental, nas Redes Pública e Privada de Natal/RN, devido às suspensões como medida de enfrentamento à Covid-19.
Há uma perspectiva de prorrogação das aulas para o mês de agosto.
Tribuna do Norte, 30 de maio

Nenhum comentário:

Postar um comentário