quarta-feira, 20 de maio de 2020

TRE analisa recurso da vereadora Profa Nilda, de Parnamirim, acusada de propaganda eleitoral irregular

Vereadora avalia que gestão Taveira não escuta necessidades da ...
Julgamento em tempos de pandemia
O assunto deve interessar a muita gente. 
Ficou para quinta-feira (21) o julgamento do primeiro recurso relacionado à Covid e as eleições 2020. 
Na pauta, pedido da vereadora Professora Nilda, de Parnamirim, acusada pelo Ministério Público Eleitoral de suposta propaganda eleitoral irregular.
O MPE entendeu que a distribuição de kits com sabão, álcool em gel e panfleto, com orientações para a prevenção do Covid-19, realizada pela vereadora no mês de março, se configurou como propaganda política fora do prazo legal. 
A defesa da Professora Nilda afirmou que o ato não constituiu pedido explícito de voto.
O julgamento foi iniciado com o voto do relator, juiz eleitoral Fernando Jales, dando provimento ao recurso da defesa. Já o Desembargador Cornélio Alves, desproveu o recurso. 
A votação será retomada na próxima sessão com o voto do juiz eleitoral Carlos Wagner, que pediu vista do processo.
Tribuna do Norte, 20 de maio

Nenhum comentário:

Postar um comentário