quarta-feira, 24 de junho de 2020

MInistro Alexandre de Moraes manda soltar ativista Sara Winter

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, decidiu soltar a líder do grupo de extrema direita 300 do Brasil, Sara Winter, mas impôs uso de tornozeleira eletrônica e distanciamento do STF.
A defesa de Winter entrou com uma ação contra o ministro no próprio Supremo Tribunal Federal, alegando que "o juiz não poderá exercer jurisdição no processo em que ele próprio for parte ou diretamente interessado no feito". 
Ela foi presa por ter ameaçado a segurança de ministros da Corte assim como falava em luta armada contra o STF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário