quinta-feira, 16 de julho de 2020

Bancada da situação esvazia plenário e Reforma da Previdência não é votada pela segunda vez

Novo cano 
Mais uma vez a Assembleia Legislativa não apreciou matérias nem votou projetos de lei por falta de quórum. 
Nem mesmo os decretos de calamidade das cidades de Bodó e Pedra Grande foram apreciados. 
Só compareceram 12 deputados quando o mínimo é de 13 parlamentares. 
Assim, a votação da PEC da Previdência Estadual foi novamente adiada para a próxima terça-feira, 21.
O governo do RN está tendo dificuldades para conseguir os 15 votos necessários à aprovação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário